22 de set de 2011

Toque

Toca, minha música roubada, apropriada, sentida
Toco, meu eterno esconderijo, quente, aberto, envolto, batido
Toca, sua doce melodia, grave, suave, baixinha
Toco, sua face enrijecida, séria, doce, macia
Toca, minha alma alagada, escancarada, exagerada, apaixonada
Toco, minhas mãos pecaminosas, imprudentes, desajeitadas, incoerentes
Toca, minha pele imaculada, intocada, envergonhada
Toco, minha boca complacente, conivente, eloqüente
Toca, sua decência estampada, invejada, odiada
Toco, minha sede arrependida, machucada, constrangida
Toca, seu sentir internalizado, guardado, findado
Toco, meu sentir emudecido, casto, proibido, urgente, requerido
Toca, minhas mãos insinuadas, tenras, trêmulas
Toco, teu olhar penetrável, forte, calejado, recatado
Toca, minha angústia amargurada, cultivada, silenciada
Toco, sua leveza estampada, sofrida, invejada
Toca, meu olhar incandescente, mareado, ressacado, inconseqüente
Toco, sua boca de canto, de encanto, de versos, de nós
Toca, minha nuca desnuda, desmedida, desconcertada, redimida
Toco, a rudeza da sua pele e poucas palavras
Toca, minha boca seca, perdida, vencida, pedida
Toco, seu gosto comedido, confuso, bom, invadido
Toca, minha pureza violada, impensada, indesejada, guardada
Toco, sua nobreza violada, irrompida, temida, sentida
Toca, minha lágrima suada, sentida, cansada
Toco, seu desejo afastado, querido, pensado, pedido
Toca...me

Nenhum comentário: