7 de fev de 2011

Há um brilho de faca onde o amor vier
E ninguém tem o mapa da alma da mulher

Nenhum comentário: